Emergências na estrada, como evitar?

Tempo de leitura: 4 minutos

Emergências na estrada, como evitar?

Ao pegar a estrada e viajar, podem acontecer alguns imprevistos e você tem que saber o que fazer nesses momentos para não se desesperar. Além de programar o roteiro de viagem, é fundamental levar o carro, por exemplo, para uma revisão, e também ficar atento(a) a outros aspectos. Para saber lidar com o surgimento de diferentes circunstâncias, é importante conhecer alguns detalhes. Emergências que devemos saber solucionar e você aprenderá aqui neste artigo.

Problemas com o carro

Um carro pode ter problemas a qualquer momento, por isso você deve estar ciente de algumas dicas que podem te ajudar.

1- SUPERAQUECIMENTO: Quando um motor ultrapassa 92°, o sistema de arrefecimento entra em ação utilizando uma circulação de água (com aditivo) para amenizar o calor contido no motor.

Para evitar esse problema é recomendado observar o ponteiro que marca a temperatura, caso, ele chegue no vermelho, leve o carro imediatamente para uma oficina. Você também pode completar o nível de água do motor, porém se você tiver que colocar água constantemente, algo está errado.  é necessário também ficar atento com as mangueiras internas, se houver alguma estufada é possível que esteja acontecendo uma má circulação de água.

2- PNEUS FURADOS NA ESTRADA: É muito comum você encontrar um carro parado por estar com um pneu furado. Para prevenir, o proprietário deve tomar algumas medidas, como:

  • Observar se os pneus estão precários, algumas características deixam os pneus mais vulneráveis a cortes e perfurações;
  • Evite trafegar nas extremidades da pista, é muito comum ter pregos, cacos de vidro, entre outras coisas que podem perfurar seu pneu;
  • Ao presenciar uma estrada com muitos buracos, diminua a velocidade e siga com calma. Um impacto muito forte pode causar o estouro de um dos pneus ou até mais;
  • Sempre verifique a calibragem dos pneus.

3- FALTA DE REVISÃO: O ditado popular “É melhor prevenir do que remediar” é muito real. O brasileiro não tem o hábito de levar seu carro para a revisão, simplesmente porque acha que nunca vai ter uma emergência. A qualquer momento podemos correr o risco de ter uma.

  • Sempre que puder, leve seu carro à um mecânico e verifique se está tudo certo;
  • Realize uma revisão logo antes de uma viagem.

Acidentes na estrada

Caso você veja um acidente, procure um local para parar e buscar ajuda se ainda não tiver ninguém por lá. Recomenda-se que o serviço de emergência seja acionado. Ligue para o SAMU 192 e também para o Corpo de Bombeiros (193).

Se houver vítimas no local, não se deve movimentá-las, tocá-las ou dar algo para elas, como água ou comida. Esse tipo de ação pode causar tanto danos internos, como externos nas vítimas. Converse com a vítima e tente acalmá-la até que o serviço de socorro chegue.

Falta de combustível

Como já foi citado acima, é sempre recomendável revisar seu carro, veja se tem combustível o suficiente para chegar à seu destino. Não deixe seu carro chegar na reserva, pois além de você correr o risco de ficar parado na estrada, pode dar alguns problemas ao carro.

Derrapagem

É comum perder o controle quando um veículo derrapa na pista, por ter o pneu furado, por causa da pista molhada, entre outras situações que podem deixar acontecer uma derrapagem.

Segundo o Detran:

1 – Veículos costumam derrapar com a frente para fora da curva. Ao derrapar, tire o pé do acelerador e jamais pise no freio. Para controlar a derrapagem, gire o volante para dentro da curva. Saindo da curva, acelere progressivamente. Automóveis com tração traseira costumam derrapar com a parte traseira para fora da curva. Tire o pé do acelerador e, sem frear, gire o volante para o lado contrário ao da curva até a frente do veículo começar a virar para dentro da curva. Em seguida, acelere progressivamente.

O que fazer em casos de enchente

É muito comum acontecer enchentes quando chove. Muitas pessoas não sabem o que fazer nesse caso e acabam tendo grandes problemas com seu veículo por falta de informação.

Nós da Máxxima sabemos que dirigir nesses casos acaba sendo muito mais complicado, exige uma atenção redobrada e cuidados para que não sofra tantos danos.

Antes de tudo veja nos outros carros em que nível está a água. É mais recomendado que o nível de água não ultrapasse o centro da roda, pois pode entrar pelo filtro de ar que fica na parte da frente do veículo. Na enchente, o motor funciona como um grande aspirador de pó, sugando a água que está à frente do carro.

Tente não deixar o motor morrer, isso pode danificar o motor, causando calço hidráulico. Caso o veículo morra, não tente ligá-lo novamente, com o motor molhado, os estragos só multiplicarão.

Conheça mais artigos como este aqui no blog.

Saiba sobre nossos serviços em nosso site.